Arquivo do mês: abril 2009

Sentimental

Sem muito tempo pra postar algo de novo, sem tempo pra conseguir organizar as idéias.. peço desculpas! 

Isso é consequência da juventude, as idéias surgem em um número absurdo e passam mais rápido ainda.. é preciso estar bem equilibrado pra segurar todas.

Não tenho muito o que escrever, me mandem sugestões sobre o que vocês querem que eu fale, se é que alguém comenta aqui ainda!

Deixo-lhes músicas que falam por si só, sem precisar de nenhuma apresentação prévia. 

Duke Ellington & John Coltrane – In a Sentimental Mood

Frank Sinatra & Duke Ellington – Follow Me

Frank Sinatra & Duke Ellington – Poor Butterfly

Enjoy!

Anúncios

Joel Parkinson

final1

Joel Parkinson Campeão

Em uma final alucinante, Parko venceu o wild card Adam Robertson. O garoto desbancou muita gente boa, surfou bem, mas na final mostrou que estava um pouco cansado e mesmo forçando, não deu.

Parko fez 7.83 e 9.57, Adam tinha 6.50 e 6.87, precisava de uma combinação de 17.41, combinação quase impossível no estado em que estavam as ondas.

Apesar do segundo lugar, Adam Robertson merece os parabéns pelo evento que fez, surfou muito bem e teve a torcida ao seu lado, saiu de cabeça feita com certeza!

Joel está muito concentrado e focado no campeonato esse ano, já venceu as duas primeiras etapas, Snapper Rocks e Bells Beach. Agora os tops seguem para o Tahiti, Teahupoo.

Parko segue isolado no ranking:

1 Joel Parkinson (AUS) – 2400 pontos
2 Mick Fanning (AUS) – 1608 pontos
3 Fredrick Patacchia (HAW) – 1476
3 Jordy Smith (ZAF) – 1476
5 CJ Hobgood (USA) – 1464
6 Adriano de Souza (BRA) – 1442

PARABÉNS PARKOOOOOOOO!

Quer conferir o que rolou nas baterias, é só escolher abaixo:

Round 2
Round 2 cont.

Round 3
#1 CJ Hobgood (USA) 15.17 x 13.00 Taylor Knox (USA)
#2 Kai Otton (AUS) 9.63 x 15.57 Joel Parkinson (AUS)
#3 Mick Fanning (AUS) 14.26 x 3.43 Bobby Martinez (USA)
#4 Jordy Smith (ZAF) 16.84 x 13.67 Owen Wright (AUS)
#5 Adam Robertson (AUS) 15.50 x 13.13 Tom Whitaker (AUS)
#6 Drew Courtney (AUS) 11.17 x 17.34 Kekoa Bacalso (HAW)
#7 Jay Thompson (AUS) 9.00 x 13.50 Kieren Perrow (AUS)
#8  Dean Morrison (AUS) 13.67 x 17.57 Fredrick Patacchia (HAW)

Quartas-de-Final
#1 CJ Hobgood (USA) 8.66 x 13.17 Joel Parkinson (AUS)
#2 Mick Fanning (AUS) 15.16 x 15.50 Jordy Smith (ZAF)
#3 Adam Robertson (AUS) 14.26 x 12.33 Kekoa Bacalso (HAW)
#4 Kieren Perrow (AUS) 12.17 x 14.13 Fredrick Patacchia (HAW)

Semi-Final
#1 Joel Parkinson (AUS) 16.33 x 15.24 Jordy Smith (ZAF)
#2 Adam Robertson (AUS) 13.87 x 12.73 Fredrick Patacchia (HAW)

Final
#1 Joel Parkinson (AUS) 17.40 x 13.37 Adam Robertson (AUS)

Rip Curl Pro 2009 – Final

Enfim, a FINAL!

Briga entre aussies, Joel Parkinson contra Adam Robertson.

Joel está bem focado nas etapas, já levou a primeira e tá afim de levar a segunda.

Adam é wild card, tá surfando muito e vai dar trabalho pra Joel.

5..4..3..2..1..0! Sireneeeeeeeeeeee… começa a final!

Adam já pega a primeira, rasga na espuma, outra rasgada, corre por fora e batida, rasgada, boa onda de Adam. Nota 6.50, o aussie começa bem a briga contra Joel.

Parko na onda, desce na velocidade, floater, outro floater , batida, rasgada e manobra na espuma agora. Os floaters foram no crítico, mas só conseguiu 6.33.

A torcida está toda animada com a final entre os aussies, crianças, gatas, amigos, caras dormindo, fotógrafos, repleto de gente.

Adam pega boa onda, batida no lip, outra batida e a galera aplaude, um cut e a espuma fecha. Faz só 4.17.

Vez de Joel, entra na velocidade e manda um longo cut, uma batida e uma rasgada, tá forte na onda, outra batida, rasgada, acelera e manda um 360 reverse. Faz 7.83 e vira a bateria, faz seu compatriota precisar de um 7.67 pra virar.

Adam usa a prioridade e pega a onda, batida no crítico, rasgada, acelera e manda outra rasgada, batida forte na espuma. Faz 5.60.

Parko na onda, cavada e rasgada forte, outra rasgada, mais uma, batida na espuma e sai. Os juízes dão 9.57 para Parko que agora deixa as chances de Adam meio remotas, Adam tem que conseguir 17.41.

Adam vem forte na onda, batida no crítico forte, na espuma correndo e vem acelerando pra outra batida. Faz 6.87 e continua precisando da combinação.

Restando cinco minutos para o término, tudo indica a vitória de Joel Parkinson. Tinha que rolar um tubão pro Adam e uma onda high score, se ele ganha do Parko nessas condições, o garoto não dorme! hahaha

Já tá de bom tamanho pra ele, um segundo lugar em Bells Beach, vindo desde as trials e Parko se mostra bem concentrado, focado no campeonato e a pergunta é, depois de duas etapas, duas vitórias, será que o título de Parko vem esse ano?

Parko na onda, floater e caiu.

Um minuto e meio e já era, é do Parko!

Parko vai em mais uma, acelera, aereo e cai. Parko abusado, tentou um aéreo no estilo ”sai do mar pivete”, como um amigo disse. Adam mostrou sinais de cansaço.

Parko sai do mar e já é campeão!

Parko logo depois de sair do mar

Parko logo depois de sair do mar

PARKO WINS!

E Adam vem em mais uma, acelera, rasgada forte e sai do mar.

Woooooooooooooow, PARKOOOOOOOO!

#2 Adam Robertson x Fredrick Patacchia

Semi-Final

Wild card contra o hawaiano.

Fredrick não perde tempo e já pega uma onda no início, tirando 5.50.

Fredrick vem de novo, floater no começo, forte batida na parte crítica, rasgada e sai da onda. Faz 6.33.

Fred pega outra boa onda e faz um 6.40.

Adam vem pra onda, acelera e manda um floater, uma batida, uma rasgada e espuma. Nota 5.93.

Adam já entra em outra, manda uma porrada no crítico, um floater, uma rasgada, um cut e faz 6.70.

As notas do Adam estão baixas, eles destruiu nessa segunda onda e era pra ter sido pra cima dos 7.00.

Fred não tá se encontrando, terceira onda que tenta pegar e não da certo. Na primeira a remada foi atrasada e a onda passou, na segunda ele remou no meio da onda e na terceira depois da batida, caiu.

Alguns eliminados estão prontos para cair na água, acho que vai rolar expression session. Slater, Fanning, Jihad, estavam por lá.

Restando cinco minutos, Fred segue na frente e Adam precisa de um 6.03 para a virada.

Adam vem pra onda, duas batidas na onda, um cut, outro cut, surfando forte e sai da onda. Wooooooooow, Adam faz 7.17 e vira a bateria, deixa Fred precisando de 7.47.

Fred já pega uma onda, acelera e manda várias manobras, a onda ficou gorda, ele tenta dar uma acelerada, manda uma batida forte e chega na areia. Fred faz 5.17 e a bateria termina.

Adam está na final, a torcida na areia festeja. Wild card na final contra o compatriota Joel Parkinson. Será que ele vai repetir o feito de Mick Fanning?

Antes da final vai rolar a Expression Session, é quase o nome do blog, hahaha. Acho que roubaram meu nome, mas tudo bem!
Slater, Fanning, galera na água se divertindo e já já a final, Parko contra Adam.

LIVE!

#1 Joel Parkinson x Jordy Smith

Semi-Final

Joel quebrando tudo

Joel quebrando tudo

Briga boa, Joel venceu CJ Hobgood e Jordy tirou a vitória de Mick Fanning nos últimos minutos da bateria.

Já estão os dois na água, a semi-final que tem o tempo de duração diferente, ao invés dos 30 minutos, são 35 minutos. Mais tempo pra destruir as ondas!

Joel já tenta uma ondinha e faz apenas 1.83.

Parko tenta de novo e não gosta do que vê e já engata outra na sequência. Algumas manobras e uma forte porrada no final e ele cai. Fez 3.50.

Jordy está com a mesma postura da bateria com Mick Fanning, esperando pela high score wave, como ele mesmo disse.

Joel vem em outra onda, vem forte, rasgando forte, batendo, longo cut, Parko vai ganhar uma boa nota, longa onda, ele continua nas manobras e para. Faz um 7.83.

Jordy pegou uma onda ruim lá atrás e fez só 2.50.

Jordy vem na onda, boa onda, bela rasgada, longo cut e fecha com um ataque na espuma. Nota 4.33.

Jordy vem pra outra onda, tá mandando bem, altas manobras, manda um 360º e faz 7.67, assumindo a bateria.

Joel entra na onda, manda dois cuts de primeira, um floater, outro cut, uma batida e fecha a onda na espuma, aproveitou a onda por completo e faz uma boa nota, 6.33 e vira a bateria.

Faltando dez minutos, a bateria está onda por onda e agora Jordy Smith precisa de 6.50 para ficar na frente.

Jordy está na onda, ótima onda, tá batendo forte e parou na espuma. Jordy vira a bateria com um 7.57.

Parko se posiciona e tá na onda, longo cut, uma rasgada jogando muita água, outra rasgada, acelera e joga muita água pra cima. Joel vira de novo com um 8.50.

Faltando quatro minutos, Jordy Smith precisa de um 8.66 para vencer.

Três minutos e a bateria tá ótima, muita briga, tá sendo disputada onda por onda, Jordy pega uma e Joel já pega outra logo atrás. Precisando de um 8.66 faltando apenas três minutos é complicado, ele precisa de uma leitura boa e de sorte, torcer pra onda certa vir.

Último minuto correndo.

Boa bateria e Joel sai com a vitória.

Jordy Smith teve uma ótima participação em Bells e fica com o terceiro lugar.

Joel segue para a final, aguardando Adam ou Fredrick.

LIVE!

#4 Kieren Perrow x Fredrick Patacchia

Quartas-de-Final

Fredrick Patacchia

Fredrick Patacchia

Australia contra Hawai.

Onda para o hawaiano, manda algumas manobras e a onda engorda e termina. Atrás veio Kieren, em uma onda não muito boa também.

Patacchia faz 6.83 e Kieren faz 4.83.

Kieren pega uma boa onda, faz boas manobras e cai no final. Nota 5.50 e vira a bateria.

Kieren e Patacchia pegam uma onda cada um e fazem 5.13 e 7.30 respectivamente.

Joel e Jordy já estão na areia, se preparando para entrar. Faltam dez minutos para o término da bateria.

Tanto Patacchia quanto Kieren estão pegando ondas e caindo na primeira manobras, batendo forte no lip e ai rola a queda.

Kieren vem de novo pra onda, rasgada, batida, vai pegando velocidade e faz algumas manobras na espuma, foi uma boa onda e conseguiu 6.67.

Fredrick Patacchia se classifica e enfrenta Adam Robertson na semi-final.

LIVE!

#3 Adam Robertson x Kekoa Bacalso

Quartas-de-Final

Adam feliz com a vaga na semi-final

Adam feliz com a vaga na semi-final

Adam Robertson, local e wild card contra o hawaiano Kekoa Bacalso.

Adam tem toda a torcida do seu lado e tá mandando muito bem.

Kekoa pega a primeira onda, faz boas manobras e consegue um 5.50.

Adam entra na onda, corre por fora, manda uma rasgada, outra rasgada, um longo cut, acelera e destroi o meio da onda com uma batida. Adam faz um 4.67.

Adam vem pra outra onda, faz boas manobras, tentou se aproveitar da onda até o final e fez um 6.83, assumindo a liderança.

Kekoa entra na onda pela espuma, manda uma batida e cai, nota 1.00.

Adam pega sua quarta onda, bate forte no lip, outra batida e espuma nele, troca sua nota 4.67 por um 5.07.

Kekoa pega sua terceira onda e uma boa onda, consegue um 6.83 e vira a bateria.

Entra uma série forte agora, Adam já pega a primeira e vai forte, manda um longo cut, uma rasgada e abandona. Kekoa já vem atrás , longo cut acelera e rasga, uma batida no meio da onda e abandona.

Adam recebe um 7.43 e Kekoa um 4.93, vira a bateria Adam. Kekoa agora fica precisando de um 7.43 para virar.

Restam cinco minutos.

Adam Robertson, local e wild card passa para as semi-finais.

LIVE!